Livro de Reclamações Electrónico obrigatório nos websites de Freelancers

Livro de Reclamações Electrónico é uma medida do Programa SIMPLEX+ que visa digitalizar, modernizar e facilitar todos os pedidos de informação e reclamação por parte dos consumidores e utentes.

Esta medida para além de digitalizar uma solução que apenas existia em formato físico, também garante que todos os pedidos sejam controlados e verificados pela entidade reguladora.

Através da plataforma digital do Livro de Reclamações é possível:

  • Fazer uma reclamação ao operador / prestador de serviço;
  • Apresentar um elogio ou sugestão ao operador / prestador de serviço;
  • Pedir informação à Entidade Reguladora;
  • Consultar o estado da reclamação efectuada.

O prestador de serviços/fornecedor de bens é obrigado a possuir o formato electrónico do Livro de Reclamações, devendo divulgá-lo no respectivo website, em local visível e de forma destacada.

DE FREELANCER A EMPRESÁRIO

Este programa de treino intensivo vai transformar a sua mentalidade de freelancer tecnicamente competente, a gestor do seu negócio que é tecnicamente competente para solucionar os problemas dos seus clientes. Porque trabalhar como freelancer não é só fazer o trabalho: é, também, saber gerir o seu negócio.

SABER MAIS

Segundo a Direcção Geral do Consumidor, são abrangidos pelo regime jurídico de livro de reclamações, todos os fornecedores de bens e prestadores de serviços (que é como quem diz, freelancer) que:

  • Comercializam em espaço físico e que estejam obrigados a ter Livro de Reclamações físico;
  • Comercializam em espaço físico e também através de canal digital;
  • Comercializam através de canal digital.

Em caso de reclamação, o freelancer deve responder no prazo de 15 dias úteis a contar da data da recepção da mesma.

O link para o site do Livro de Reclamações ( https://www.livroreclamacoes.pt/ ) tem que estar colocado de forma visível, em texto ou com o logótipo respectivo.

Pedro Miguel Martins

Ainda na Faculdade, há mais de 15 anos, já trabalhava como freelancer. Pelas minhas mãos já passaram projectos de marcas tão conhecidas como a RFM, Rádio Renascença, Águas da Figueira, Nova School of Business & Economics ou Cepsa, mas também de outros clientes mais pequenos. Vejo a criatividade, o compromisso e a confiança como os pilares de qualquer projecto de qualidade: foi com base nestes princípios que vinguei como freelancer.

Aceite o convite e subscreva a minha newsletter de conteúdos exclusivos.

SEM SPAM OU QUALQUER TIPO DE PUBLICIDADE

Continue a ler

Vamos entrar num novo confinamento…

Trabalhar em casa, sozinho, não faz de mim um eremita ou um monge enclausurado. Gostar de trabalhar em silencio não significa não me sentir inspirado pelo murmurinho das pessoas que me rodeiam.

Um texto com algum azedume

De facto, não é fácil ganhar dinheiro como trabalhador independente, tendo em conta todas as obrigações fiscais.

Estados d’alma de um freelancer.

A Alanis Morissette conhece-os como ninguém!

Experiência ou Resultados?

Resultados! Esse deveria ser o motivo para a contratação de alguém, pois anos de experiência não significa melhor trabalho ou desempenho. Com facilidade nos lembramos de pessoas com muito anos de…

Eu não posso agradar a todos os clientes!

Um freelancer não pode agradar a todos os clientes. Tem de ter uma visão clara do tipo de projectos que deseja realizar e o género de clientes com quem deseja trabalhar.

Educação. Um investimento contínuo.

A nossa educação requer um investimento contínuo, inclusive e especialmente na idade adulta. Não deixe de investir na sua educação e formação, seja ela pessoal ou profissional.